Wallenius Wilhelmsen Logistics Doubles Footprint em Porto de Zeebrugge

Por Aiswarya Lakshmi15 fevereiro 2018
Foto: Porto de Zeebrugge
Foto: Porto de Zeebrugge

A Wallenius Wilhelmsen Logistics assinou um acordo de concessão com o Porto de Zeebrugge para desenvolver 49 hectares de terra conhecida como propriedade Bastenaken West, localizada no porto interior.

Com esta concessão, até 2043, a empresa quase duplicará sua pegada terminal. A WWL investirá cerca de US $ 20 milhões nos próximos dois a três anos.
"O acordo marca o próximo passo no compromisso a longo prazo da WWL para o Porto de Zeebrugge, o maior porto RoRo do mundo, e posiciona a empresa para o crescimento contínuo e a expansão em todo o norte da Europa", diz Ray Fitzgerald, Presidente e COO WWL Landbased.
Desde o início do relacionamento com o Porto de Zeebrugge em 1999, a Wallenius Wilhelmsen Logistics expandiu suas operações no porto para incluir o processamento de veículos, serviços técnicos para equipamentos pesados ​​e serviços de gerenciamento de estaleiro. A WWL tem buscado oportunidades de expansão dentro do porto, e esta concessão permite que a empresa atraa novos negócios com fabricantes de equipamentos originais (OEM) e outros terceiros.
"Tanto a WWL quanto o Porto de Zeebrugge experimentaram um crescimento significativo ao longo das duas últimas décadas, e esta expansão prepara o caminho para um futuro excitante", diz Hendrik Sohier, gerente do terminal, WWL Zeebrugge.
O Porto de Zeebrugge, que lidou com 2,8 milhões de unidades de carga em 2017, serve como um centro importante para a WWL, com uma rede estabelecida de conexões de transporte marítimo de profundidade, mar e curto. Para acompanhar os crescientes volumes, a WWL desenvolveu serviços especializados e instalações de armazenamento para carros, caminhões e equipamentos pesados.
"O novo acordo de concessão marca um ótimo momento tanto para o Porto de Zeebrugge quanto para Wallenius Wilhelmsen Logistics ASA, que foram parceiros leais nas últimas décadas. Como autoridade portuária, agradecemos que a WWL tenha escolhido a Zeebrugge para a expansão e espero trabalhar juntos para tornar este terminal um sucesso ", diz Joachim Coens, CEO do Porto de Zeebrugge.
Categorias: Logística, Notícia, Notícias do Veículo, Portos