A OMI comemora 70 anos com Sua Majestade a Rainha Elizabeth II

Por Aiswarya Lakshmi6 março 2018
Foto: Organização Marítima Internacional (OMI)
Foto: Organização Marítima Internacional (OMI)

Setenta anos para o dia desde que o tratado que institui a Organização Marítima Internacional das Nações Unidas (OMI) foi adotado, Sua Majestade a rainha Elizabeth II marcou a ocasião na sede da OMI em Londres na terça-feira (6 de março).

Acompanhado pelo secretário-geral da OMI, Kitack Lim, sua majestade a rainha Elizabeth II revelou uma placa comemorativa e cortou um bolo de aniversário. Sua Majestade também conheceu alguns dos convidados que participaram do evento, incluindo representantes dos Estados membros da OMI, organizações não-governamentais intergovernamentais e internacionais e funcionários da Secretaria da OMI.
"Estamos comemorando 70 anos de conquista, em que a verdadeira indústria do transporte marítimo tornou-se mais segura, mais limpa e mais ecológica, graças ao trabalho da OMI. Também estamos olhando para os novos e emocionantes desafios no horizonte ", disse o Secretário-Geral da IMO, Lim.
"Milhares de pessoas comuns, em todo o mundo, dependem do envio todos os dias de suas vidas - mesmo que não a percebam ou entendam. É nosso papel assegurar que o transporte marítimo possa continuar a tornar este importante contributo para o bem-estar global ", acrescentou Lim.
A Convenção sobre a Organização Marítima Internacional (OMI) foi adoptada em 6 de Março de 1948 na Conferência Marítima das Nações Unidas realizada em Genebra, na Suíça. A convenção entrou em vigor 10 anos depois, em 17 de março de 1958, quando o 21º Estado ratificou o tratado. A primeira reunião da IMO foi realizada em Londres, em 6 de janeiro de 1959, na Church House, no centro de Londres.
Desde então, os Estados membros da OMI prosseguiram a sua missão de desenvolver o quadro regulamentar global para a navegação internacional.
Hoje, a OMI continua a trabalhar para melhorar a segurança marítima, a eficiência da navegação e a prevenção e controle da poluição por navios, bem como a implementação justa e efetiva de seus regulamentos.
Categorias: De Meio Ambiente, Notícia, Observação do oceano, Pessoas nas Notícias, Poder marinho